Para onde está seu olhar? Para as oportunidades ou para a crise?

Quero abordar um tema polêmico, mas que precisamos conversar a respeito, a famosa “crítica construtiva”. As pessoas ficam esperando o momento para meter a colher na vida do outro.



O tempo que você perde falando mal do colega do trabalho ou apontado os seus defeitos tira de você a oportunidade de melhorar as suas competências e qualidades. Muitos profissionais são bem qualificados, tem muita competência técnica, mas não consegue se estabilizar nas organizações. Você sabe o porquê isso acontece?


As pesquisas revelam que muitos profissionais não conseguem lidar com pessoas, e hoje o diferencial é saber interagir com pessoas, as outras competências uma máquina pode fazer por você. Vejamos, uma coisa é quando você vai buscar uma nova oportunidade de trabalho você é um profissional sênior não aceita qualquer vaga de emprego. Você vai preferir trabalhar em uma organização desorganizada e sem liderança? Ou uma organização com plano de carreira que você vê que tem status, tem lideres fortes e organização. Em qual empresa você sonharia em trabalhar?


Na minha visão não tem nada pior que trabalhar com pessoas que só reclamam não veem solução, só criticam as pessoas e organização em que trabalha, quando ela chega na empresa todos ao redor se calam. Precisamos analisar nossas atitudes, nos olharmos no espelho e reconhecer nossos erros onde precisamos melhorar. A cultura organizacional é responsabilidade de toda equipe, mas o maior problema é colocarmos a culpa em nossos líderes.


Muitos profissionais se acham os tops das galáxias, mas não tem ética e valores, não sabem lidar com as pessoas, não adianta você se qualificar só em técnicas, precisamos aprender a lidar com nossas emoções e saber controlar a nossa personalidade.


Se você está buscando uma recolocação no mercado de trabalho ou uma promoção para se estabelecer no mundo dos negócios, chegou a hora de mudar a sua visão sobre competências técnicas e competências emocionais. Não adianta você dizer que a sua vida pessoal não afeta a vida profissional, pois somos um só e precisamos aprender a controlar isso para nos estabilizarmos na vida.


Em minha opinião temos que parar e analisar as nossas atitudes, pois são elas que vão nos levar ao sucesso desejado. Muitas das vezes paramos para pensar: como fulano de tal tem aquele cargo e eu não estou trabalhando? Eu sou mais inteligente que ela. Mas você não vê o caminho que o outro percorreu para chegar até o cargo que ele está hoje. Não olhe para grama verde, mas olhe para as técnicas aplicadas naquela grama para ela ficar verde. Tudo é um processo você nunca vai chegar ao topo da empresa antes de passar pelo operacional. Para você conquistar os seus objetivos você tem que passar por todas as fases para valorizar o troféu.




24 visualizações0 comentário